Capacitação do Cadastro Único reúne técnicos de 30 municípios do estado

Campo Grande (MS) – Com objetivo de capacitar e formar técnicos municipais para o desempenho de suas funções como entrevistadores do Cadastro Único e do Programa Bolsa Família, visando melhora na qualidade das informações coletas durante a entrevista com as famílias, a Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast), por meio da Superintendência da Politica de Assistência Social (Supas) e Coordenadoria de Proteção Social Básica (CPSB) realiza até hoje (12), capacitação na Escola do SUAS/MS ‘Mariluce Bittar’, na Capital.

A capacitação é desenvolvida por meio de atividades de autoinstrução, aulas expositivas e recursos audiovisuais, com carga horária total de 24 horas, sendo considerado habilitado o aluno que obtiver 80% ou mais de acertos dos itens do teste final e 100% de frequência. A equipe de instrutores é composta por profissionais da CPSB, que atuam como multiplicadores.

Participam do curso 35 técnicos dos seguintes municípios: Alcinópolis, Anastácio, Anaurilândia, Aquidauana, Bandeirantes, Bela Vista, Bodoquena, Bonito, Camapuã, Campo Grande, Caracol, Corguinho, Corumbá, Costa Rica, Coxim, Dois Irmãos do Buriti, Figueirão, Guia Lopes da Laguna, Jaraguari, Nova Alvorada do Sul, Jardim, Ladário, Miranda, Nioaque, Paraíso das Águas, Porto Murtinho, Ribas do Rio Pardo, Rochedo, Sidrolândia e Terenos.

Cadastro Único – Mais do que uma base de dados das famílias de baixa renda, o Cadastro Único é uma ponte que facilita o acesso de cada pessoa cadastrada a políticas públicas que possam melhorar suas condições de vida. Para construir essa ponte, um dos primeiros passos é garantir que os dados inseridos nos formulários de cadastramento reflitam de fato a realidade das famílias a serem incluídas no Cadastro Único.

Leomar Alves Rosa, assessoria Sedhast – com informações da Supas

Fotos: reprodução