Com apoio de Subsecretaria, indígenas de Japorã recebem insumos para produção agrícola

Categoria: Povos Indígenas | Publicado: sexta-feira, abril 8, 2016 as 10:59 | Voltar

Japorã (MS) – Com mais de 60% da população de 7.731 habitantes (IBGE/2010), composta por indígenas da etnia Guarani Kaiowá, a cidade de Japorã, distante a 466 quilômetros da Capital, recebeu ontem (7) insumos para incentivo de produção agrícola. As sementes e o óleo diesel, entregues na Aldeia Porto Lindo, fazem parte do Programa de Apoio às Comunidades Indígenas (Proacin) e foi viabilizado de maneira inédita pelo Governo do Estado, distribuído por meio da Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast), via Subsecretária Indígena em parceria com a Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural de MS (Agraer).

Silvana Dias, subsecretária indígena, pasta que ligada à Sedhast, conversou com lideranças da aldeia e também foi recebida pelo prefeito da cidade Vanderlei Bispo. “Nós vamos continuar a atuar para que a população indígena de MS tenha seu devido reconhecimento e apoio no desenvolvimento local, sempre respeitando as particularidades de cada uma. Seja aqui, no extremo sul do estado, ou em qualquer outra aldeia de MS, estaremos sempre ouvindo nossos patrícios para chegarmos a ações como essa e maiores ainda”, disse a subsecretária.

Para o prefeito Vanderlei Bispo, a atuação do Governo do Estado e a presença in loco valorizam a população e trazem esperança de mais conquistas. “Temos já a perspectiva de pavimentação da MS 386 e agora com essa ajuda na área da agricultura podemos ter mais perspectivas e a certeza de que esse é um começo de ações que lutaremos para ampliar e colaborar com o desenvolvimento local”. O prefeito também ressaltou que a administração local é parceira da comunidade indígena na produção agrícola local resultando em 342 alqueires plantados em 2015, na saúde e culturalmente com a implantação da primeira banda de fanfarra 100% indígena do País.

SONY DSC
Roberto Carlos Gonçalves, que também é produtor, destacou o apoio recebido

Liderança local da Aldeia Porto Lindo, Roberto Carlos Gonçalves, que também é produtor, destacou que o apoio recebido ajuda economicamente na manutenção das raízes culturais de seu povo. “É sempre uma alegria para todos nós irmos para a roça logo cedo antes do sol nascer. Isso é muito bom e nós gostamos de fazer, de mexer com a terra e dela tirar nosso sustento. Tanto para os jovens como para os mais velhos isso é muito bom”, reforçou.

As demais aldeias beneficiadas pelo Proacin também já estão recebendo os insumos. Secretários municipais e lideranças do legislativo de Japorã também participaram da entrega.

SONY DSC
Ao centro a subsecretária Silvana Dias juntamente com o prefeito de Japorã (camisa lilás com riscas pretas) e representantes do município

Proacin – O programa tem como objetivo apoiar os agricultores familiares das comunidades indígenas no fortalecimento da produção sustentável, visando garantir a geração de renda, bem-estar social, exercício de cidadania e qualidade de vida.

  • 71 aldeias atendidas em 26 municípios
  • 920 sacas de sementes e 50 mil litros de óleo diesel
  • R$ 304 mil em investimentos de recursos do Governo do Estado

Texto e fotos: Leomar Alves Rosa (Assessoria Sedhast)

Publicado por:

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.