Direitos Humanos em Ação é lançado e quer alcançar os 79 municípios do estado

Categoria: Ações da Secretaria | Publicado: quarta-feira, abril 26, 2017 as 15:25 | Voltar

Campo Grande (MS) – Lançado na noite de ontem (25), durante a abertura do II Colóquio Estadual de Direitos Humanos, realizado até hoje no auditório da Uniderp, na Capital, o projeto Direitos Humanos em Ação é uma ampliação do Direitos Humanos Vai à Escola, já realizado pela Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast) em parceria com a Secretaria de Estado de Educação (Sed).

Elisa Cleia Nobre, titular da Sedhast e a superintendente de Direitos Humanos, Ana Lúcia Américo

Durante a abertura do Colóquio, a titular da Sedhast, Elisa Cleia Nobre, parabenizou a ampliação do projeto e ainda ressaltou a importância de tratar o tema. “Sem dúvida é uma ação que irá resultar para o benefício de nossa sociedade, abrangendo outros parceiros, o que possibilitará discutir e muitas vezes desmistificar o tema”, pontuou.

Também presente no evento, o deputado estadual e presidente da Frente Parlamentar do Idoso na Assembleia Legislativa de MS, Renato Câmara, destacou a importância da realização do Colóquio e de como o novo projeto integrará as ações em curso. “Essa é minha segunda participação no Colóquio e cada vez mais vejo a importância de se debater e ampliar o conceito de direitos humanos. Mais uma vez essa ação, junto com os demais focos e frentes, possibilitará a ação real e sensibilização em toda a sociedade”, disse.

Para a superintendente da Política de Direitos Humanos da Sedhast, Ana Lúcia Américo, a ampliação das ações se deu a boa receptividade dos parceiros com a primeira ideia. “Fomos bem recebidos com o Direitos Humanos Vai à Escola porque não invadimos espaços, mas sim construímos parcerias e ouvimos o que a comunidade escolar queria. Também vamos fazer isso com o Direitos Humanos em Ação, ouvindo os parceiros e vendo a melhor forma de chegar nos nossos jovens antes da criminalidade”, explicou. Entre os parceiros do projeto estão escolas públicas, particulares, universidades, Sebrae, Sed, Funtrab e Assembleia Legislativa.

O novo formato do projeto também estabelecerá parceria com a Secretaria de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), avançando para o sistema prisional e unidade de internação de adolescentes em conflito com a lei, levando parâmetros e o entendimento de Direitos como o conjunto dos direitos civis, sociais, econômicos, culturais, políticos e ambientais, de caráter indivisível e inalienável, pertencentes a todas as pessoas, independentemente das diferenças étnico-raciais, de idade, de gênero, de orientação sexual, de religião, de condição socioeconômica, dentre outras.

Público lotou o auditório professor Plínio Mendes

Também participaram da abertura do Colóquio e do lançamento do Direitos Humanos em Ação o deputado estadual Pedro Kemp; a pró-reitora da Uniderp, Eugenia Santos; o diretor da Faculdade FCG, Ivan Luis Reatte; o professor Alfredo Neto, representando a Sed, e Sueli Santos, representando o Fórum das Entidades de Mato Grosso do Sul.

Clique aqui e confira a galeria de imagens do evento

Leomar Alves Rosa, assessoria da Sedhast | Fotos: Ana Paula Oliveira

Publicado por:

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.