Escola do SUAS de MS estimula avanço na Assistência Social, diz ministra Tereza Campello

Categoria: Assistência Social, Geral | Publicado: sexta-feira, fevereiro 19, 2016 as 16:50 | Voltar

Campo Grande (MS) – Acompanhada da secretária-adjunta da Secretaria de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho, Elisa Cleia Nobre, a ministra de Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello, conheceu a Escola do SUAS – Mariluce Bittar, no encerramento do Encontro Regional do Colegiado Estadual de Gestores Municipais de Assistência Social da região centro-oeste, na tarde desta sexta-feira (19), e elogiou o Governo do Estado pelo pioneirismo.

A ministra Tereza Campello, falou da iniciativa pioneira de Mato Grosso do Sul em implantar a primeira escola do Sistema Único de Assistência Social no Brasil. “É absolutamente louvável essa iniciativa em executar esse grande projeto e esse Estado nos estimula a avançar nesse sentido. Acho que nós estamos em um momento que exige que demos mais esse espaço de trabalhar com afinco no apoio e fortalecimento dos recursos humanos, na área da assistência social”, destacou a ministra.

Tereza Campello ainda elogiou a estrutura da escola com seu amplo auditório e salas estruturadas. “Ter um espaço como este é um privilégio ainda mais com essa estrutura de forma tão organizada. Quem ganha são os profissionais da área que poderão aproveitar os cursos e capacitações num local apropriado”.

Após dois dias de debates, foi encerrado hoje o encontro com gestores municipais da região centro-oeste.  Todas as decisões da região serão encaminhadas para finalização em encontro nacional previsto para acontecer em 18 a 20 de maio em Brasília, como tema o “Plano Decenal – Concretizando o Pacto Federativo”. Na nacional será discutida a partilha de recursos entre as três esferas de governo para a oferta de políticas sociais descentralizadas.

Escola SUAS – inaugurada em 2015, a primeira Escola de Assistência Social do Brasil; Escola do Sistema Único de Assistência Social – SUAS/MS Mariluce Bittar é um espaço para capacitações efetivas e permanentes aos trabalhadores da área e troca de experiências e informações em eventos que serão sediados no local. Com dois auditórios: o maior com capacidade para 300 pessoas e outro para 100 pessoas, 5 salas de aula, biblioteca e laboratório de informática, a escola é centro de referência em Mato Grosso do Sul.

Texto e foto: Solange Mori (Assessoria da Vice-Governadoria e Sedhast)

Publicado por:

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.