Mulheres atendidas pela Sedhast são tema de exposição fotográfica do Ministério Público de MS

Categoria: Mês da Mulher | Publicado: sexta-feira, março 10, 2017 as 11:13 | Voltar

Campo Grande (MS) – Na edição de 2017 o ‘V Encontro Estadual do Ministério Público de Mato Grosso do Sul na Lei Maria da Penha’, realizado nesta quinta-feira (10), na sede do MP/MS, na Capital, conta também com a exposição de fotografias realizadas com as atendidas da Casa Abrigo para Mulheres em Risco de Morte, mantida pela Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast).

Na abertura do evento, a titular da Sedhast, Elisa Cleia Nobre, destacou o importante papel do Ministério Público nas questões relacionadas à violência contra a mulher, e ainda reforçou a parceria com diversas instituições que prezem pelos direitos humanos. “A Sedhast está aberta, também por meio de parcerias, para sempre trabalhar em prol da sociedade”, disse ressaltando o papel da equipe da secretaria e o trabalho do juiz de direito e autor das imagens, Marcus Abreu de Magalhães.

Secretária Elisa Cleia (em primeiro plano) na abertura do evento

 “Quando nos reunimos, como mais uma vez neste quinto ano, estamos discutindo cidadania, e também buscando cumprir a Constituição Federal, onde todos são iguais”, destacou o procurador geral do MP/MS, Paulo Passos, lembrando que ainda vivemos em uma sociedade por vezes injusta.

Como o atendimento realizado pela Casa Abrigo para Mulheres em Risco de Morte é sigiloso, toda a produção foi acompanhada por uma técnica da Sedhast e também contou com o consentimento das mulheres que foram fotografadas.

A programação do evento conta também com a palestra sobre o tema “Escravidão Digital” proferida pelo professor Spencer Toth Sydow, mestre e doutor pela USP-SP, advogado, professor de graduação e pós-graduação. Na oportunidade também é lançado o livro “Exposição Pornográfica não consentida na Internet” de autoria da promotora de Justiça e assessora especial, Ana Lara Camargo de Castro e Spencer Toth Sydow.

A subsecretária de Políticas Públicas para Mulheres de Campo Grande, Carla Stephanini; Francisco Neves Junior, procurador do MP/MS e do Núcleo de Enfrentamento à Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher (Nevid), e representantes de demais esferas do judiciário também participaram da abertura do evento.

Texto: Leomar Alves Rosa, assessoria Sedhast | Fotos: Ana Paula Oliveira

Com informações da assessoria do MP/MS

Publicado por:

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.