No Outubro Rosa, servidoras realizam mamografia e destacam importância da prevenção

Categoria: Outubro Rosa | Publicado: quinta-feira, outubro 13, 2016 as 14:10 | Voltar

Campo Grande (MS) – “Não dói e é a melhor forma de prevenção”. Destacou a técnica Nancineide Gonçalves, 47 anos, ao aguardar pela realização do exame de Papanicolau e mamografia, gratuitos, que estão sendo realizados na Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast), nesta quinta-feira (13), pela carreta do Hospital de Câncer de Barretos. A expectativa é de atender 117 servidoras inscritas para os exames, dentro do Outubro Rosa.

SONY DSC

Nancineide conta que desde os 30 anos faz mamografia. “Tenho casos de outros tipos de câncer na família e sempre vi na prevenção a melhor forma de me cuidar”, ressalta. A técnica, lotada na Subsecretaria de Políticas Públicas para Mulheres (SPPM), também diz que a timidez e o medo dos exames não podem ter vez, frente a importante e conceituada ferramenta de prevenção, que são os exames do referendados Hospital de Câncer de Barretos.

SONY DSC

A servidora Elza Souza realiza a mamografia pela primeira vez

Aos 43 anos, a assistente social, Elza de Souza, mãe de três filhos, realiza a mamografia pela primeira vez. “Por recomendação vou, a partir de agora, realizar sempre a mamografia, como já fazia com outros exames preventivos”, disse.

Outro ponto levantado pela assistente social é a importância de repassar e sensibilizar as mulheres sobre os benefícios dos exames preventivos. “Acho importante repassarmos sempre a importância dos exames e é o que faço com minhas duas filhas, já mostrando como serão necessários quando chegar a vez delas”, aponta.

A secretária da Sedhast, Elisa Cleia Nobre, que é uma incentivadora da campanha, enalteceu a parceria com o Hospital de Câncer de Barretos, que possibilita a muitas mulheres o acesso a exames de forma ágil e eficiente.

SONY DSC

Ao centro, a secretária Elisa Cleia (blusa rosa e cabelos pretos), apoia as servidoras que vão realizar os exames

Elisa lembra ainda de seu caso pessoal quando em 2012, num exame de rotina, foi descoberto um nódulo que veio a ser diagnosticado como câncer de mama.  “Com base no que vivi, aconselho a todas as mulheres a se cuidarem, conhecerem seu corpo e terem o hábito de fazerem os exames periódicos, o diagnóstico precoce aumenta a chance de cura”, incentivou a secretária.

Outubro Rosa

O Outubro Rosa é comemorado em todo o mundo. O nome remete à cor do laço rosa que simboliza, mundialmente, a luta contra o câncer de mama e estimula a participação da população, empresas e entidades. Este movimento começou nos Estados Unidos, onde vários Estados tinham ações isoladas referente ao câncer de mama e ou mamografia no mês de outubro, posteriormente com a aprovação do Congresso Americano o mês de Outubro se tornou o mês nacional (americano) de prevenção do câncer de mama.

A história do Outubro Rosa remonta à última década do século 20, quando o laço cor-de-rosa, foi lançado pela Fundação Susan G. Komen for the Cure e distribuído aos participantes da primeira Corrida pela Cura, realizada em Nova York, em 1990.

Leomar Alves Rosa, assessoria Sedhast | Fotos: Ana Paula Oliveira

Publicado por:

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.