Rose anuncia abertura de inscrições para Vale Universidade com 500 novas vagas para acadêmicos

Categoria: Geral | Publicado: quinta-feira, julho 2, 2015 as 09:28 | Voltar

Campo Grande (MS) – A edição inédita do processo seletivo de inverno do Vale Universidade terá inscrições abertas a partir desta sexta-feira (03), e seguem por um mês até o dia 03 de agosto. Serão abertas 500 novas vagas para acadêmicos já matriculados em universidades e faculdades do Estado. O edital com informações sobre documentos para inscrição; legislação e instituições de ensino conveniadas já está disponível no site da Secretaria de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast), pasta que gerencia o Vale, no endereço:www.sedhast.ms.gov.br.

No dia 05 de agosto será divulgada a lista de pré-habilitados e entre os dias 10 a 13 de agosto, o acadêmico deverá apresentar a documentação exigida. De acordo com a vice-governadora e secretária da Sedhast, Rose Modesto, a primeira mensalidade será depositada ainda no mês de agosto. “Essa é uma ação inédita do nosso governo porque a educação é uma das bases para uma sociedade melhor. Como tivemos muita procura na edição de verão, nos mobilizamos para abrirmos essas novas 500 vagas e assim contemplar mais acadêmicos que estão estudando, mas não conseguem arcar com as despesas das mensalidades”, descreveu a vice-governadora e secretária da Sedhast, Rose Modesto.

Hoje, o programa atende 1.467 alunos em universidades e faculdades de todo o Mato Grosso do Sul; no entanto; com as novas 500 vagas, o Programa está próximo de alcançar a marca de 2 mil acadêmicos beneficiados.

Rose Público Vale
Vice-governadora, Rose Modesto durante lançamento das 500 novas vagas

O governo do Estado custeia 70% do valor da mensalidade; 20% é de responsabilidade da instituição de ensino e 10% é a contrapartida para os alunos. Além de entidades privadas, o programa também atende acadêmicos de universidades públicas com repasse de valor para despesas do estudante. O valor é calculado pela média da mensalidade do curso em outras universidades.

Como pré-requisito, o aluno deve ter renda individual máxima de R$ 1.448,00; enquanto a familiar não pode ultrapassar R$ 2.896,00. Outro critério é estar matriculado em alguma instituição de ensino superior conveniada ao Programa. A lista pode ser acessada também no site.

Convênio e Banco de Vagas

Outra novidade apresentada para 2015 é a assinatura do Termo de Cooperação com o Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE). A parceria vai funcionar como  banco de vagas para aqueles acadêmicos que não conseguiram o benefício. A partir da assinatura desse convênio, é possível inserir o acadêmico no mercado de trabalho e ainda oferecer cursos on-line. “O estudante pode encontrar mais uma alternativa para pagar seus estudos e ainda qualificar-se com os cursos”, descreve a vice-governadora e secretária.

Sobre o Vale

O Programa Vale Universidade é coordenado pela Superintendência de Projetos Especiais (Suproes); órgão vinculado à Sedhast. Durante o Processo Seletivo de Verão neste ano, o Programa Vale Universidade bateu recorde de inscrições: recebeu 3.460 enquanto no ano anterior, houve 2.388 inscritos.

O Programa foi instituído como Lei em 2009, mas já existia em gestões anteriores. O objetivo maior é auxiliar os estudantes matriculados em instituições do ensino superior que não possuem renda para custear as mensalidades. Em contrapartida o acadêmico deve dispor-se a estágio com 4 horas diárias, 5 dias na semana, em órgãos públicos e OnGs.

 Serviço 

Mais informações, edital e lista de documentos podem ser obtidas pelo site: www.sedhast.ms.gov.br ou pelos telefones: (67) 3314-4827 – 3314-4890.

Michelle Rossi (Assessoria Vice-Governadoria e Sedhast)

Fotos: Leca

Publicado por:

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.