Subsecretaria da Juventude participa de reunião das Nações Unidas sobre desenvolvimento sustentável

Categoria: Geral | Publicado: quarta-feira, fevereiro 17, 2016 as 10:49 | Voltar

Campo Grande (MS) – Lançados em 2015 pelas Nações Unidas, os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) são uma agenda mundial com 17 objetivos e 169 metas, que devem ser cumpridas por todos os 195 países até o ano de 2030. Para cumprir essas metas acontece nesta quarta-feira (17), no Centro Mundial para o Desenvolvimento Sustentável, na cidade do Rio de Janeiro, a Primeira Reunião do Grupo de Trabalho Aberto Sobre Mobilização de Jovens para o Desenvolvimento Sustentável. Marcos Silva, secretário nacional adjunto de Comunicação do Movimento Nacional ODS e assessor na Subsecretaria da Juventude, órgão ligado à Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast), representa Mato Grosso do Sul. “Nosso Estado está na rota de implementação imediata de ações institucionais que convergem com o atingimento dos 17 ODS, isso já está em andamento com a parceria do Governo do Estado por meio da Sedhast e das unidades do Rede Solidária”, destacou.

Nesta reunião o grupo é composto por 10 representantes convidados de 10 instituições e 5 representantes nominados por decisão coletiva, e focará a mobilização de jovens do sul global e pessoas jovens tradicionalmente excluídas e vulneráveis.

Esse trabalho é fruto da união das Organizações das Nações Unidas (ONU) e o Brasil com o intuito de mobilizar pessoas, empresas e cidades, para manter o desenvolvimento sustentável, inspirando ações e práticas e também o debate internacional sobre o tema.

Nos 17 ODS estão previstas ações mundiais nas áreas de erradicação da pobreza, segurança alimentar, agricultura, saúde, educação, igualdade de gênero, redução das desigualdades, energia, água e saneamento, padrões sustentáveis de produção e de consumo, mudança do clima, cidades sustentáveis, proteção e uso sustentável dos oceanos e dos ecossistemas terrestres, crescimento econômico inclusivo, infraestrutura, industrialização, entre outros.

Mato Grosso do Sul

O Governo do Estado em busca do desenvolvimento social implantou em novembro do ano passado a primeira unidade do projeto Rede Solidária, no bairro Dom Antônio Barbosa. Executado em parceria com empresas privadas, entidades sociais e voluntários, atende crianças acima de 6 anos, adolescentes, jovens e adultos que estejam em risco social. Dentro de núcleos em diversas áreas, o projeto proporciona valorização do ser humano e direciona os qualificados ao mercado de trabalho. Para as crianças são oferecidas aulas no contraturno escolar, ocupando o tempo ocioso e evitando que fiquem nas ruas correndo riscos. Em 2016 está previsto o lançamento de mais uma unidade no bairro Noroeste.

Solange Mori (Assessoria Vice-Governadoria e Sedhast)

Foto: divulgação

Publicado por:

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.